RESENHA: A PLAYLIST DA MINHA VIDA-LEILA SALES

quarta-feira, 15 de março de 2017
Elise Dembowski nunca foi popular na escola. Ninguém conversava com ela na hora do intervalo nem a convidava para sair no fim de semana. Pior. Ninguém jamais se interessou em saber o que tanto a ela escutava em seu iPod: playlists com o melhor da música pop, único território em que Elise se sente confortável e confiante. Diante de seu desajuste em relação à maioria, a adolescente tenta de tudo ? inclusive a mais radical das saídas, felizmente sem sucesso. No auge de seu solitário desespero, o acaso a leva até a porta de uma balada noturna, via de acesso para um mundo completamente novo, cheio de som e diversão, no qual sua veneração por música funciona como senha para inclusão em um inédito círculo de amizades. As festas noturnas do Start ? o melhor clube underground do mundo ? tornam-se o lugar onde a felicidade, a aceitação social e até o amor são possíveis para Elise. Não demora muito para que um misterioso bullying eletrônico e a habilidade da garota como DJ coloquem em confronto este universo com a dura realidade cotidiana. 



     ❤ Autor: Leila Sales  Páginas: 312  Editora: Globoalt  ISBN: 9788525057082
                    

Elise Dembowski tem 15 anos e é uma garota completamente solitária e deprimida: não tem amigos, sofre bullying e nem mesmo teve seu primeiro beijo. Ela acredita que sua inteligência, ou sua opinião formada sobre vários assuntos pode afastar as pessoas, quando ela decide tentar mudar o que ela realmente é pra tentar fazer amigos, ou simplesmente ter uma vida adolescente normal, algo em que se dedica arduamente. Depois de uma tentativa carregada de frustrações, a jovem planeja cometer suicídio. Porém ao se cortar com um estilete, ela foi capaz de perceber que não era exatamente isso que ela precisava.

“O que você chá que é preciso fazer pra se reinventar como uma pessoa totalmente nova, uma pessoa coerente, quee pertence a algum lugar? Você mudaria suas roupas, o seu cabelo, o seu rosto? Vá em frente então. Faça isso. Mesmo assim eles verão quem você é”
 Meses após o ocorrido, Elise havia criado o hábito de andar pela cidade a noite, ouvindo as músicas de suas bandas preferidas pelas ruas escuras de Glendale. Em uma de suas saídas furtivas pela cidade durante a madrugada, ela conhece Victoria (ou apenas Vicky) uma jovem cantora com uma banda de Rock chamada “Dirty Countais”, e Pippa, uma garota inglesa criada em Manchester. A partir daí, Elise é apresentada a uma nova sensação para suas madrugadas de quinta feira: a Start era considerada a melhor balada underground do mundo. Os movimentos underground são aqueles voltados para os variados estilos de rock, o que fez Dembowski amar o lugar, já que ela odiava música pop.

Char é o DJ da Start há dois anos, com uma grande ambição do que a noite o poderia oferecer, conquistando o corações de garotas entre uma música e outra. Pippa sempre foi apaixonada por Char, mas a relação dos dois nunca passou de algo casual. Alguns dias depois de Pippa viajar para Manchester, Elise e Char se vêem atraídos um pelo outro. E muito além de beijos, os dois se comprometem com a música quando Elise assume uma posição como DJ e com a ajuda do garoto e suas horas praticando sozinha no quarto, se mostra muito talentosa.


Mas ao descobrir um diário na internet supostamente assinado por Dembowski em que ela expõe várias tristezas e mágoas, começam a surgir problemas: até mesmo o convite para ter sua grande noite como a DJ da cidade a fez perder seu relacionamento com Char e ela já não sabe mais se vale a pena tudo o que tem arriscado e não sabe mais se cumprirá todos os seus propósitos.

“Na escuridão da noite, aquilo fazia algum sentido. Lá estávamos nos, dois DJs, um ao lado do outro, compartilhando uma noite em que todas as músicas que tocávamos viravam ouro. Porém, na luz cortante da manhã, eu não conseguia entender mais nada. Ele já tinha quase vinte anos. Eu ainda estava no ensino médio. Ele era descolado, eu não”
O livro tem uma linguagem muito simples e divertida, fala diretamente ao leitor  e expressa sua ideia de maneira espontânea. Apesar de ser uma leitura cansativa no início, demonstrou leveza no decorrer das páginas. Cada capítulo se inicia com referências musicais que narram os acontecimentos seguintes, mostrando que a autora é uma amante do bom e velho Rock'n Roll e tem uma coletânea respeitável. A personagem principal  pode ter sido dramática em alguns momentos, mas se mostrou empolgante e soube expressar os sentimentos de forma nítida. A narrativa em primeira nos aproxima da história de maneira agradável.

Todos os personagens têm uma história própria, sendo citados detalhes de histórias segregadas, mas unidas por solidariedade. “A playlist da minha vida” apresenta um drama comum encontrado em diversos livros com um enredo previsível. Durante toda a leitura, a obra não conseguiu me prender mesmo me proporcionando algumas risadas. Nenhum personagem ascendeu na história, o que causou uma certa monotonia em uma história sintetizada, o que lhe assegurar três estrelas ao original “This song Will save your life”

Mariene Pettioti
20 anos. Geminiana do coração de flores. Viagem dos sonhos: Estrada Real, prisioneira de histórias, lava a alma com chuva, músicas narram momentos.

8 comentários:

  1. Oi, Mariene. Eu confesso que não gostei muito da história, mesmo tendo dado 4 estrelas a ela. Achei esse negócio dela tentar um suicídio meio louco, como se ela não se importasse muito com o que uma falha poderia fazer com sua vida, sem contar que eu detestei o casal, achei sem graça e sem química. Achei que a história pudesse ser maravilhosa mas me decepcionei.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Miriã. Também acredito ter sido exagero da parte da Elise, mas ela realmente era bem solitária...
      E na verdade eu nem consegui considerar esse par como um casal de verdade. Eles não mostraram sintonia em momento nenhum hahhaa

      Excluir
  2. Oi, Mari!
    Eu gostei muito desse livro, principalmente por causa das referências musicais. Até criei uma playlist com as músicas citadas hahahaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lu... Essa também foi minha parte preferida do gênero pois eu amo músicas alternativas e até frequento alguns movimentos underground também. As músicas são ótimas 😊

      Excluir
  3. Oi Mari, tudo bem? Eu adoro livro leves e mesmo com um incio cansativo acho que irei curtir a leitura!! E bem, referências musicais em livros sempre em agradam <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mi. O livro tem uma linguagem bem jovem e música realmente tem poder sobre a leitura hahhaa ❤

      Excluir
  4. Oi Mari, não tinha ouvido falar desse livro ainda. Foi meu primeiro contato com ele e ainda não sei ao certo se gostei ou não. Fiquei divida hahaha
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Priscila,essa leitura é descontraída e o final é bem diferente do imaginado hahaha

      Excluir

 
© Blog Resenha Atual - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda Tecnologia do Blogger.
imagem-logo