Resenha: A Química - Stephenie Meyer

terça-feira, 28 de março de 2017
Uma ex-agente especial fugindo de seus antigos empregadores precisa aceitar um novo caso para limpar seu nome e salvar a própria vida. Ela trabalhava para o governo americano, mas poucas pessoas sabiam disso. Especialista em seu campo de atuação, era um dos segredos mais bem guardados de uma agência tão clandestina que nem sequer tinha nome. E quando perceberam que ela poderia ser um problema, passam a persegui-la. A única pessoa em quem ela confiava foi assassinada. Ela sabe demais, e eles a querem morta. Agora ela raramente fica em um mesmo lugar ou usa o mesmo nome por muito tempo. Até que um antigo mentor lhe oferece uma saída — uma oportunidade de deixar de ser o alvo da vez. Será preciso aceitar um último trabalho, e a única informação que ela recebe a esse respeito só torna sua situação ainda mais perigosa. Ela decide enfrentar a ameaça e se prepara para a pior batalha de sua vida.


           
             Autor: Stephenie Meyer  Páginas:496  Editora: Intrínseca

A Dra. Juliana Fortis esta em fuga há algum tempo, constantemente ela muda de nome pois esta sendo caçada. Juliana agora é Alex. Uma biomédica ex agente secreta de uma organização dos EUA, que nem mesmo recebeu um nome. Seu trabalho era interrogar usufruindo de métodos químicos como injetar drogas em seus entrevistados. Porém após sofrer uma tentativa de homicídio que lhe custou a vida de seu único amigo e mentor, ela passa a vida se escondendo e usando seus conhecimentos para garantir sua sobrevivência e alguns freelancers em trabalhos de facções criminosas.

Durante todo o tempo se escondendo, a garota fora encontrada poucas vezes, e conseguindo escapar com excelência graças à suas armas químicas. Mas depois de algum tempo sem notícias de seus perseguidores, ela recebe uma proposta para que seja feito um acordo a fim de nunca mais ser perseguida caso ela completasse uma ultima missão de resgatar informações sobre uma arma biológica que será espalhada em cidades do México e Egito.

Ao aceitar a proposta, Alex descobre que seu alvo será Daniel Beach, um bondoso professor de escola pública que, sem saber o que o aguardava, teve um interesse imediato pela médica. Ao sequestrá-lo e torturá-lo, a garota descobre que foi enganada e que seu Departamento se juntou com a CIA para que ela eliminasse Kevin Beach, irmão gêmeo de Daniel que foi declarado morto para que pudesse fugir de sua organização governamental. Quando se conheceram, Kevin e Alex começaram a se indagar pelos motivos pelos quais ainda eram perseguidos e iniciaram uma estratégia para se livrarem de seus antigos patrões


Alex começa a juntar as peças de seu eterno quebra-cabeça, descobrindo pontos vitais do enredo de sua perseguição. E mesmo correndo cada vez mais riscos, ela se espõe em busca de segurança para as pessoas as quais depois de tanto tempo sem nenhum tipo de relação, ela adquire tanto afeto. Enquanto o romance com Daniel toma proporções inimagináveis pela biomédica, ele a apresenta um mundo completamente novo onde ela poderia viver sem medo ou preocupação. Sua grande dificuldade será manter essa vida pacata e feliz.

O livro é narrado em 3’ pessoa e traz um romance policial emocionante, rico de adrenalina e emoção. A autora realizou uma vasta pesquisa sobre substâncias e termos químicos para escrever a obra, com até mesmo algumas explicações sobre reações e efeitos das drogas criadas por Alex. O romance da garota com Daniel é brando e suave sem ser entediante,  a interação de todos os personagens é harmoniosa com a história. A obra nos apresenta a aventura e a adrenalina da protagonista durante toda o enredo, enquanto sua literatura é sutil e de fácil entendimento. Mesmo tendo gostado do livro, esperava um pouco mais de ação, merecendo uma nota 4. E aos que acham que Stephenie Meyer é uma autora de triângulos amorosos, pode se surpreender com essa historia.

Mariene Pettioti
20 anos. Geminiana do coração de flores. Viagem dos sonhos: Estrada Real, prisioneira de histórias, lava a alma com chuva, músicas narram momentos.

4 comentários:

  1. Oi, Mariene. Eu gosto mais do livros da autora voltados a ficção, então fiquei louca para conferir essa obra desde que foi lançada. Espero ser tão boa quanto dizem.
    Beijo! https://leitoraencantada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Mari!
    Ainda não perdoei essa mulher por não fazer uma continuação de A Hospedeira, mas vou conferir esse livro porque ele anda recebendo bastante elogios.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Olá Mari!
    Quero muito ler esse livro! A premissa dele é algo que me agrada nas histórias pois parece ter aquele certo mistério e ação ao mesmo tempo!
    Beijinho
    EVENTUAL OBRA DE FICÇÃO

    ResponderExcluir
  4. Olá, Mariene.
    Gosto muito da autora, por isso tenho interesse em ler esse livro. E achei a história bem interessante. Romances policiais estão entre os meus favoritos e só de ser em terceira pessoa já é mais um ponto a favor. Vou querer ler sim.

    Prefácio

    ResponderExcluir

 
© Blog Resenha Atual - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda Tecnologia do Blogger.
imagem-logo