Resenha: Cinder & Ella - Kelly Oram

segunda-feira, 24 de abril de 2017
Faz quase um ano que Ella Rodriguez, 18, esteve em um acidente de carro que a deixou aleijada, com cicatrizes e sem a mãe. Após uma recuperação difícil, ela foi obrigada a atravessar o país para viver com o pai que a abandonou quando era uma criança. Se ela quiser escapar de seu pai e de sua horrível família adotiva, ela precisa convencer os doutores de que é capaz, física e emocionalmente, de viver sozinha. O problema é que ela ainda não está pronta. O único modo de se curar é se reconectar com a única pessoa no mundo que ainda significa algo para ela: seu melhor amigo anônimo, Cinder. Brian Oliver é a sensação de Hollywood e tem a fama de sempre causar problemas. Existem muitos rumores sobre sua participação no filme O príncipe druída, mas seus assessores dizem que o único modo de passar de adolescente sedutor para ator da lista A é mostrar que seus dias de selvageria ficaram para trás e que agora ele amadureceu. Para aplacar os comentários sobre a reputação de bad-boy, seu assessor arranja um casamento falso com a coadjuvante Kaylee. Brian não está animado com a noiva falsa ou o casamento, mas ele fará qualquer coisa para conseguir sua nomeação ao oscar. Até que o e-mail de uma antiga amiga da internet muda tudo.

 Autor: Kelly Oram  Páginas: 304  Editora: Pandorga  ISBN: 9788584421633

Ellamara Rodriguez sofreu um acidente e acabou perdendo sua mãe, a única família que ela tinha. Agora, quase um ano depois, ela está sendo liberada do hospital para ir para “casa”, a casa de seu pai, o homem que a abandonou quando ela era criança e nunca entrou em contato desde então. Como se não bastasse todo esse inconveniente, Ella teve quase seu corpo inteiro queimado no acidente, e não conseguiu recuperá-lo 100%, mesmo após inúmeras cirurgias. Isso tudo é mais do que suficiente para que suas duas meias-irmãs faça da sua vida um inferno. Mas após meses de reclusão e correndo o risco de nunca ter sua liberdade de volta, Ella entra em contato com Cinder, um amigo virtual que ela mantinha contato frequente antes de tudo acontecer, só ele pode fazer ela esquecer do sofrimento, pelo menos por alguns minutos. O que a garota não esperava é que sua paixão pelo garoto também ressurgisse e que isso fosse virar toda sua vida de cabeça para baixo.

Brian Oliver é a mais querida sensação de Hollywood, está no auge de sua carreira e prestes a ter uma indicação para o Oscar. Mas para manter sua imagem perfeita, seus agentes acham que ele precisa de uma noiva e vêm em Kaylee a pessoa perfeita. O problema é que Brian odeia Kaylee, e tudo vai mudar quando ele recebe um e-mail de Ella, a garota que ele conheceu através de um blog e sua grande paixão, que ele achou que estava morta após meses sem conseguir entrar em contato com ela. Agora, ele está disposto a largar tudo para conhecer Ella, mas como contar que na verdade ele não é Cinder e sim o famoso Brian Oliver? E como lidar com as ameaças de Kaylee se ele a largar?




“Você é de verdade a melhor parte do meu dia todos os dias. Sou muito grata por poder conversar com você. ”

O livro é narrado em primeira pessoa e alterna entre as visões de Brian e de Ella. A escrita da autora é envolvente, conseguimos sentir todas as emoções dos personagens, tudo que Ella sofre e toda a angústia que ela sente, é o tipo de história que devoramos em apenas algumas horas. Os personagens são muito bem construídos, Ella é uma garota extremamente forte, que mesmo passando por toda as dificuldades imagináveis, ainda consegue manter a cabeça erguida e não desabar na frente de ninguém. Brian (ou Cinder) é um cara adorável, que apesar de ser muito famoso, não se sente confortável na superficialidade que o mundo dele tem e é capaz de tudo para fazer Ella feliz, até abrir mão de sua “boa imagem”.

O ponto alto da história é que Ella é apaixonada por leitura, e tem um blog para compartilhar suas resenhas e suas experiências literárias (quem se identifica? Hahaha) e foi através dele que ela conheceu Cinder. Eles são super fãs de uma série chamada “ O príncipe Druida” e foi isso que os aproximou tanto e os tornou melhores amigos apaixonados. O caso é que depois do acidente, o pai de Ella se desfez de seus livros e ela não teve mais ânimo para continuar com o blog, nesse meio tempo Brian ganhou o papel principal da adaptação da série favorita deles, o papel de Cinder, só que ele não pode contar isso a Ella pois tem medo de sua reação e do que Kaylee pode fazer com ela se descobrir que Brian gosta da garota.

"- Ella - disse Vivian suavemente - A verdadeira beleza vem do interior das pessoas. Se você se sente bonita, então continuará bonita para os outros sem se importar com o que há na superfície.''

É obvio, que como o título da obra sugere, o livro é uma adaptação moderna de Cinderela, mas no decorrer das páginas podemos perceber que a autora ultrapassou esse clichê e criou uma história super original e envolvente, cheia de emoções e com um romance perfeito. Traz assuntos sérios e que devem ser muito debatidos em nossa sociedade, mostra o sofrimento de uma garota que perdeu tudo, sua beleza, sua ideia de família, seus amigos, suas paixões, foi parar num lugar onde claramente não é bem-vinda e ainda tem que aguentar humilhações das pessoas que deviam estar acolhendo-a; mas ainda assim é uma narrativa leve, que não perde o toque de romance adolescente e nos prende do início ao fim.

É uma leitura que entrou para a minha lista de favoritas e, que sem dúvida, recomendo todos vocês a lerem e se apaixonarem, tenho certeza absoluta de que irão amar. <3




10 comentários:

  1. Oie
    Ainda não tinha visto o livro e várias coisas me agradaram no enredo, fiquei com vontade de ler. Já me identifiquei com a protagonista, leitora e blogueira, adoreiii, quero ler.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, Sarah.
    Eu não conhecia esse livro ainda e se fosse só pela capa acho que nem olharia duas vezes. Mas lendo sua resenha você me convenceu. O enredo me interessa muito e acho esse tipo de protagonista excelente. Por isso vou anotar aqui para uma futura leitura.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Oi Sarah! Estou de olho nesse livro faz um tempinho, fico feliz em saber que a leitura é leve e ao mesmo tempo aborda assunto sérios. Acho que vou gostar!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante
    Sorteio A guerra que salvou a minha vida

    ResponderExcluir
  4. Hey, Sarah!
    É tão bom ler uma resenha tão positiva a respeito desse livro, que é um dos meus favoritos para sempre! Consegui lê-lo no início do ano passado e lembro que logo após lê-lo, ainda em janeiro, já tinha certeza de que seria um dos melhores do ano. A história de Cinder e Ella tem um espaço enorme bem reservado e vip, no meu coração. Adoro as referências ao mundo literário, blogosfera e adaptações. E amo mais ainda, como você falou, que a autora tenha conseguido transformar sua releitura em uma ideia tão original e magnificamente bem trabalhada. Adoro os personagens e a força de Ella. E confesso que tenho uma quedinha - de muitos metros de altura rs - pelo sarcasmo, inteligência e arrogância - ego inflado - do Cinder haha. Ele é perfeito!
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
  5. Oi! Tenho vontade de ler esse livro e gostei dela ser blogueira. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  6. Oi Sarah, tudo bom?
    Não conhecia esse livro, mas adoro releituras modernas dos contos clássicos. As da Cinderela são sempre muito legais! Me lembrou um pouquinho daquele filme Nova Cinderela por mexer com tecnologia e eles se conhecerem sem se conhecerem de fato, adorei!
    Ótima resenha.

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  7. Aaah, que gracinha!
    Adorei a premissa e a capa fofa.
    Só achei que a capa do filme ficou bem horrorosa, hahaha.
    Eu amo releitura de contos de fadas, ainda mais se for com uma pegada adolescente.
    Adorooooooo!
    Ótima dica!

    Beijoooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  8. Adooro esses livros onde a protagonista tem blog hahaha em Obsidiana e alguns outros que já li é assim também, a gente sempre se identifica e se empolga mais né. Confesso que não sou muito fã de contos de fada, e por isso não costumo ler as adaptações, mas como a autora transformou a história em basicamente algo original, fiquei interessada em conferir o romance dos dois!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi, Sarah!
    Eu já havia visto sobre esse livro por aí, mas nada que me convencesse a ler. Gostei de saber que, apesar da vibe de Cinderela, a autora construiu toda uma história original por trás.
    E eu já me super identifiquei com a Ella hahaahaha
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do #Sorteio1KSeguidores

    ResponderExcluir
  10. Oie Sarah, tudo bom?
    Comecei a rir do nome do livro hahaha Que povo criativo, mas a sinopse não me chamou tanto atenção, mas não parece ser dos piores livros, só não faz meu estilo.

    Beijos,
    Paixão Literária

    ResponderExcluir

 
© Blog Resenha Atual - janeiro/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda Tecnologia do Blogger.
imagem-logo